Se o professor de escola dominical Edward Kimball não tivesse sido fiel em partilhar sua fé com um vendedor de sapatos da cidade de Boston, o mundo poderia não ter ouvido falar de Dwight
 L. Moody, Billy Sunday ou Billy Graham. Mas Kimball foi fiel e, em 1856, Dwight L. Moody aceitou a Cristo e o mundo nunca mais foi o mesmo. Deus chamou Moody para o evangelismo e, em 1879, enquanto pregava na Inglaterra, o fervor evangelístico foi despertado no coração de Frederick B. Meyer, pastor de uma pequena igreja.
Anos mais tarde, quando Meyer estava pregando no campus de uma universidade americana, um estudante chamado John Wilbur Chapman professou sua fé em Cristo.

Chapman prosseguiu realizando reuniões evangelísticas por todos os Estados Unidos. Mais tarde, ele contratou um novo convertido (e ex-jogador de beisebol da liga principal), chamado Billy Sunday, para trabalhar como o homem da linha de frente de seu ministério. Poucos anos depois, Chapman assumiu o pastorado de uma igreja e Sunday começou a liderar as próprias cruzadas evangelísticas.
Em 1924, Billy Sunday promoveu uma cruzada na cidade de Charlotte, Carolina do Norte. Depois das reuniões, cerca de trinta homens fundaram o Clube de Homens de Charlotte, que se encontrava regularmente para orar. Dez anos depois, o clube se reuniu para um dia de jejum e oração num bosque da fazenda de produção de leite de propriedade de Frank Graham. O foco principal do dia era a preparação para uma cruzada que aconteceria em breve em Charlotte. Um dos homens, Vernon Patterson, orou pedindo: "Tomando Charlotte por base, o Senhor poderia levantar alguém para pregar o evangelho nos confins da terra". Patterson não tinha ideia de que a resposta para sua oração estava a algumas centenas de metros dali, colocando feno em um cocho. Na cruzada liderada por Mordecai Ham, Billy, filho de Frank Graham, entregou sua vida a Cristo.
Pelo fato de Edward Kimball ter sido fiel, o mundo foi abençoado pelos ministérios de Dwigth Lyman Moody, John Wilbur Chapman, Billy Sunday, Mordecai Ham e Billy Graham e milhares de outros homens e mulheres dos quais o mundo nunca ouviu falar, como Vernon Patterson. A história da igreja é, em grande parte, o registro da fidelidade de pessoas como Edward Kimball e Vernon Patterson.
(Grifo nosso)

Baseado em informação da Encyclopedia of 7.700 illustrations: Sings of the times de. Paul Lee Tan (Ed.). (Rockville, Md.: Assurance Publishers, 1979), e A prophet with honor: the Billy Graham story, de William Martin (new York: William Morrow, 1991).

Joomla SEF URLs by Artio