Há algum tempo, num programa de televisão nacionalmente conhecido, uma celebridade veio a público e compartilhou parte da história de sua vida. Num ato de coragem falou da experiência de ter sido abusada sexualmente por pessoas próximas à sua família. É muito triste ouvir depoimentos de pessoas que tenham sido vítimas de abuso sexual.
     A revista Veja (30.05.2012) relatou vários casos de pessoas conhecidas que também foram abusadas na infância ou adolescência, como Vanessa Williams, Oprah Winfrey, Joana Maranhão e tantas outras mulheres. É lamentável que a realidade do abuso sexual faça parte da história de vida de famosos e anônimos.
     Como famílias precisamos estar atentos a este tema. Precisamos saber mais, conversar mais em família sobre o assunto, especialmente com meninas e meninos. Embora seja um assunto difícil de se tratar, é preciso coragem e determinação para abordar de maneira clara, objetiva, preventiva e curativa. Nossas igrejas ainda podem fazer muito neste sentido. Pastores podem pregar sobre o tema e ministrar a muitas pessoas, que sofrem por terem sido abusadas.
     O depoimento da celebridade foi importante tanto para ela mesmo, como para despertar a sociedade para este tema que tantas feridas tem causado nas famílias, trazendo consequências danosas para o indivíduo, especialmente em sua identidade sexual, e para o futuro casamento.
     Mas... só se esqueceu de três coisas importantes.
   Esqueceu de pedir perdão à sociedade por algumas coisas que fez no passado, que também causaram prejuízos, como por exemplo, ter participado de um filme em que aparece nua sobre o corpo de um menino. Esqueceu também de pedir perdão por ter posado nua para uma revista masculina. Quantas crianças foram, de maneira tão precoce, atingidas por aquelas imagens? A celebridade também poderia ter aproveitado a oportunidade para pedir perdão às famílias por ter influenciado tantas crianças, levando-as a erotização precoce através de seus programas de televisão. Errar é humano. Seria muito nobre a celebridade ter aproveitado o horário nobre para pedir perdão à família brasileira por tais atitudes.
  Fico triste quando celebridades vem a público e se pousam de vítimas e esquecem que muitas vezes também causaram problemas psicológicos na vida de tantas pessoas, especialmente crianças, com suas imagens. Como é influente e sempre dá “ibope” a celebridade poderia simplesmente falar com seus superiores na emissora e pedir uma nova aparição no programa nacionalmente assistido e, humildemente, reconhecer seus equívocos e pedir perdão à família brasileira.
     Fazendo isso, sua contribuição para o resgate dos valores familiares seria enorme, além de mostrar que enquanto seres humanos podemos errar no curso de nossa vida, mas em tempo, podemos refazer o caminho e dar contribuições melhores para que tenhamos no Brasil famílias com valores mais elevados e cristãos.

Entre em contato

Praça Caixeiros Viajantes S/N - Centro
Vitória da Conquista - Bahia
Fone/Fax: (77) 3424-6596
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.