Unir-se é preciso!Porque você se encontra na igreja? Há muitas respostas para esta pergunta, mas apenas uma que agradaria a Deus: Estamos na igreja para servir a Deus e ao próximo. Veja o que diz Hebreus 10:24: “E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras”. Os irmãos que estão na igreja tão somente por causa de filhos, pais e cônjuges estão perdendo muitas bênçãos e deixando de abençoar muitos outros. Uma ilha deserta, isolada no meio do mar, é agradável aos olhos e é um lugar chamativo para o descanso, mas com o passar do tempo, se torna um lugar limitado, solitário e desesperador. Não seja uma ilha em si mesmo. O povo de Deus foi chamado para se unir. Como podemos estimular uns aos outros ao amor e às boas obras?

 

 

Primeiramente, a Igreja é um lugar de adoração. Todo cuidado é pouco para que o espírito  de adoração não seja perturbado. Precisamos ter a atitude de verdadeiros adoradores quando entramos na Casa de Deus, chegando no horário certo, com roupas adequadas e evitando distrações durante o louvor e a pregação. Se fosse permitido, pessoas iriam à igreja usando bermudas, chinelos e com uma latinha de refrigerante nas mãos enquanto o pastor prega. Porém, adoração é algo muito sério e exige respeito  e formalidade: “Guarda o teu pé, quando entrares na casa de Deus; porque chegar-se para ouvir é melhor do que oferecer sacrifícios de tolos, pois não sabem que fazem mal”. (Eclesiastes 5:1).

 

Em segundo lugar, a igreja é um lugar de comunhão. Crentes que chegam atrasados e saem imediatamente após o último amém não estão tendo comunhão com o povo de Deus. Enquanto isso está passando horas em frente a televisão e trabalhando a semana inteira entre perdidos e incrédulos. A igreja precisa ser um refúgio deste mundo onde encontramos pessoas que amam a Deus como nós. É impossível estimularmos uns aos outros em amor sem contato, sem comunhão. Ao mesmo tempo, esta comunhão pode causar atritos e conflitos, mas tudo se resolve, seguindo os princípios da Palavra de Deus. Isolar-se não é a solução: “Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união”. (Salmo 133:1).

 

Em último lugar, a igreja é um lugar de consagração. Como podemos estimular uns aos outros às boas obras se não estamos participando dos ministérios da igreja? Uma ilha deserta pode até produzir os seus próprios frutos, mas nunca importa ou exporta para outros lugares porque se encontra isolada. Assim também, há crentes que não estão fazendo a diferença no reino de Deus porque não têm ânimo para se envolver nas atividades da igreja. Alguns até que gostariam de cantar no coral, ensinar na Escola Dominical, mas quando se deparam com as exigências do ofício, perdem todo tipo de interesse: “Além disso, requer-se dos despenseiros que cada um se ache fiel” (I Coríntios 4:2).

 

Unir-se é preciso para o bem da igreja local, para o bem da família e para a glória de Deus!

 

 

 

Entre em contato

Praça Caixeiros Viajantes S/N - Centro
Vitória da Conquista - Bahia
Fone/Fax: (77) 3424-6596
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.