Alguém já disse que somos rápidos a pedir e bem lerdos para agradecer. Procede em boa parte tal afirmação. Gratidão é tão importante que a Palavra nos exorta à prática constante: “E sede agradecidos” (Cl 3:15). Também, como escreveu Jeremias Taylor, “aprendemos de Davi a dar graças por tudo. Cada sulco do Livro dos Salmos está repleto de sementes de agradecimento”.

Jesus sentiu a dor da ingratidão explícita no texto dos dez leprosos. Quando um somente voltou para agradecer, o Senhor disse: “Não eram dez os que foram curados? Onde estão os nove? Não houve quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro?”

Um coração agradecido não esquece dos benefícios do Senhor. A gratidão daquele leproso o levou a ouvir as preciosas palavras do Mestre: “Levanta-te, e vai, a tua fé te salvou” (Lc 17: 16 a 22). A gratidão é fruto de um coração humilde que, tal como aquele samaritano, “se prostra com o rosto em terra aos pés de Jesus, agradecendo-lhe (v.16).

Estamos adentrando num novo ano. Já agradecemos ao Senhor por mais “uma aurora que se rompe e vai-se embora”? Há tanto para agradecer, pois muitos são os benefícios do Céu, principalmente o cancelamento da dívida que pesava sobre cada um de nós, e que foi quitada pelo sangue de Cristo. Que graça maravilhosa!

Meus amados, sejamos mais agradecidos! Usemos mais de misericórdia diante das limitações de nossos irmãos e da igreja. Como disse Jesus, é fazermos aos outros o que queremos que façam a nós. O uso de misericórdia nos dará uma visão maior das virtudes da igreja; o Senhor tem muito nos abençoado!

Portanto sejamos agradecidos. Está certo o poeta sacro: “Conta as bênçãos, conta quantas são, recebidas da divina mão; uma a uma, dize-as de uma vez, hás de ver surpreso, quanto Deus já fez” (Hino 329 CC).

É tempo de exercitar a gratidão, pois como disse o salmista, “é bom render graças ao Senhor”.

Deus os abençoe.

O Pastor

 

 

 

Entre em contato

Praça Caixeiros Viajantes S/N - Centro
Vitória da Conquista - Bahia
Fone/Fax: (77) 3424-6596
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.